Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O carnaval e a quaresma


[...] "os dias de carnaval pertencem a Deus. Nenhum dia do ano é dedicado a semelhante diversão. Com efeito, lemos nas Sagradas Escrituras que tudo tem seu tempo: há tempo para plantar e tempo para colher; tempo para rir e tempo para chorar, etc. etc., mas não encontramos escrito que há tempo para pecar.
Assim como o ladrão ou assassino não pode se desculpar de ter roubado ou matado no tempo de Carnaval, do mesmo modo ninguém poderá desculpar-se diante de Deus, por ter vivido indiscretamente e pecado em tais dias, pois também no Carnaval persiste a proibição do pecado, sob pena eterna; também nos dias de Carnaval são a lascívia e a ebriaguez vícios brutais; também nos dias de Carnaval continuam a vigorar os Mandamentos de Deus e da Igreja...

E quantos cristãos se esquecem desta verdade! Vivem os três dias consagrados ao rei momo (satanás), como se Deus suspendesse nessa época as suas ordens e as suas leis...

Felizmente ainda há inúmeros cristãos cônscios dos seus deveres, que passam esses dias na oração e no recolhimento, rezando pelos que persistem na loucura de ofenderem a Deus, desprezando a sua santa lei. Oh! como é comovedor o espetáculo de milhares de jovens de ambos os sexos, retirarem-se durante o Carnaval em lugares solitários para, na oração e no silêncio, fazerem o seu Retiro Espiritual! E são eles que suspendem os braços da divina justiça, afastando do mundo os castigos que infalivelmente sobre ele viria, não fossem as suas orações e as suas reparações."


(escrito por A., Passionista. na Revista “O Calvário” – Ano XL – Março de 1961 – Número 3 – página 5 - Revista dos Padres Passionistas)

3 comentários:

  1. Jorge, como vc está? Melhorou? Estou orando. Graças a Deus vc me deu uma explicação, pois fico preocupada qdo vc silencia. Certíssimo esse post "...como se Deus suspendesse, nesses dias a sua ordem e as suas leis ..." Muito legal e ótimo. Minha mãe nunca me permitiu brincar carnaval e sempre achei tolice da parte dela e acabei permitindo para meus filhos, na minha ignorância de não enxergar maldade. Graças ao meu bom Deus, eles já não participam mais e só espero que Ele tenha me perdoado tbém. Espero Nele, sua boa saúde de volta. Abração!

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga Alfa e Ômega, obrigado por mais esta visita e comentário. Agradeço suas orações tambem. Minha saúde está sob controle médico, mas estou melhorando. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Católicos no “ PONTO DE ENCONTRO COM O DIABO?”
    Os locais em que se concentram essas bandas e roqueiros muito doidões, bailes funks e carnavalescos, shows como Lady Gaga e semelhantes, axés, festas halloweens, ou doutra modalidade, como as sexo-novelas, filmes e vídeos pornôs e BBBs da vida etc., os mais diversos estilos, ritmos e tendências, uma parafernália de som e agito totais, em que se embalam à base de álcool, drogas, sexo e todo tipo de perversão e alienação possíveis nessas concentrações populares.

    De fato, esses estratagemas fazem parte de um plano satânico de desagregar as pessoas por meio de promiscuidades gerais, fragmentá-las, desfamiliarizando-as, destruindo todas as referências ético-morais cristãs para dividi-las entre si, engajando-as cada uma em determinado movimento reivindicatório, sempre cobiçando algo a mais e subvertendo-as à adoção do aborto, uniões gays, glbts, pedofilia, amor livre etc., o que aumentará a violência e facilitará futura dominação de povo incauto e alienado por um Estado socialista totalitário, opressor, materialista e ateu, uma verdadeira patrulha ideológica - síntese dos projetos da NWO/SHA.

    Aliás, quem participa também de qualquer evento desses níveis favorece também a injustiça, por cooperar financeiramente com essas depravações; além do mais, essas bandas de roqueiros alucinados ou individuais, shows, bailes funks e carnavalescos, assim como os componentes desse frenesi total, todos praticamente são consagrados a satanás, provando-o por meio de muitas letras de músicas lascivas ou apologistas ao diabo, vícios e comportamentos gerais e algumas tatuagens específicas de seus seguidores, como escorpiões, cobras, lagartos, etc.

    Concluindo: tais situações configuram serem todos os participantes desses shows e locais de "PONTOS DE ENCONTRO E COMPARTILHAMENTO COM O DIABO E COM SEUS COMPARSAS". Acha boa idéia iniciar desde já sua parceria com o diabo para eternidade?

    ResponderExcluir