Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

sábado, 4 de setembro de 2010

A vingança de Lúcifer

Deus revelou a muitos Santos certas verdades para bem dos homens. Foi assim que uma freira, em processo de Beatificação, mas já considerada Venerável pelo Vaticano, teve uma visão magnífica e muito esclarecedora: Sóror Maria de Jesus. Tais revelações foram escritas por ela no livro “Mística Cidade”, com aprovação eclesiástica, NIHIL OBSTAT do Cônego João Corrêa Machado e IMPRIMATUR de Dom Geraldo, Arcebispo de Aparecida. Direitos: Academia Marial de Aparecida – SP e Mosteiro Portaceli de Ponta Grossa – PR. Vale a pena ler.
Desde quando Lúcifer foi expulso do Céu com seus anjos rebeldes, odiou os homens.

Ai da terra e do mar, porque o demônio desceu a vós com grande ira, sabendo que lhe resta pouco tempo (v.12)

Vingança de Lúcifer.

No momento em que Lúcifer e seus sequazes inauguraram o inferno, reuniram-se todos para fazer um conciliábulo. Nesse tempo empregou Lúcifer toda sua diabólica sabedoria e malícia em estudar e decidir com os demônios o modo para mais ofender a Deus, em vingança do castigo que lhes havia imposto. A última conclusão a que chegaram, pelo que sabiam do amor que Ele teria aos homens, foi que a maior vingança e ofensa a Deus seria impedir nas criaturas humanas os efeitos daquele amor. Para tanto, enganariam, persuadiriam e forçariam quanto possível os homens a perderem a amizade e graça de Deus, tornando-os ingratos e rebeldes à vontade divina.

Lúcifer determinava que os seus subordinados trabalhassem com toda a força, atenção e ciência: “Arrastaremos as criaturas humanas para nosso ditame e vontade, a fim de perde-las. Perseguiremos esta geração de homens e os privaremos do prêmio que lhes está prometido. Procuremos, com toda nossa vigilância, que não cheguem a ver a face de Deus, visão a nós, injustamente negada. Hei de obter contra eles grande triunfos e tudo destruirei e submeterei à minha vontade. Semearei novas seitas, erros e leis, em tudo contrárias às do Altíssimo.”
Assim, dessa forma, jurando ódio ao ser humano, a vingança infernal estava montada.
No entanto para próprio castigo do demônio, Deus não permitiu que ele visse a criação de Adão e Eva. Quando o demônio vagando pelo paraíso encontrou o admirável ser humano, enfureceu-se. Pois vendo ele Homem e Mulher, e sabendo que Deus enviaria ao mundo um Salvador que nasceria de uma Virgem, pensou se tratar do próprio Jesus Cristo. Dessa forma ficou por muito tempo observando Adão e Eva, tendo medo de se aproximar de ambos.

Continua a Venerável Sóror Maria de Jesus, humilde abadessa no convento da Imaculada Conceição da Vila de Ágreda:

No sexto dia da criação Deus formou e criou Adão na compleição física de 33 anos, idade em que Cristo havia de morrer, e tão parecido à sua humanidade Santíssima, que no corpo era mínima a diferença, e a alma semelhante à sua quanto à natureza.

De Adão formou Eva, tão semelhante à Virgem que a reproduzia nas feições e em toda a pessoa. Contemplava o Senhor, com sumo agrado e benevolência, estes dois retratos dos originais que oportunamente criaria. Por causa destes lhes concedeu muitas bênçãos, como para se entreter com eles e seus descendentes, enquanto esperava o dia no qual havia de formar Cristo e Maria.Todavia, o feliz estado no qual Deus criara os dois primeiros pais do gênero humano durou muito pouco. Contra eles logo se despertou a inveja da serpente que espreitava a sua criação, apesar de que Lúcifer não pudera ver a formação de Adão e Eva como vira todas as outras coisas no momento de serem criadas. Não quis o Senhor mostrar-lhe a criação do homem, tampouco a formação de Eva da costela, e só os viu quando apareceram juntos.

Quando o demônio viu a admirável compleição da natureza humana, superior a todas as demais criaturas; a beleza das almas e também dos corpos de Adão e Eva; conhecendo o paternal amor que lhes votava o Senhor e que os fizera donos e senhores de toda a criação com promessas de vida eterna, enfureceu-se a ira deste dragão.

Não há língua que possa explicar a violência com que se agitou aquela besta feroz. Incitado pela inveja desejou-lhe tirar-lhes a vida e, como um leão o teria feito, se não fosse detido por outra força superior. Por este motivo, estudava e procurava modo para os rebelar contra o Altíssimo e derruba-los da graça divina.

Enganou-se Lúcifer porque, embora desde o princípio o Senhor lhe houvesse manifestado que o Verbo far-se-ia homem no sei de Maria Santíssima, não lhe declarou onde e como.

Por esta razão, lhe ocultou a criação de Adão e formação de Eva,para que logo começasse a sentir a ignorância do mistério da encarnação e sua época.Como o ódio do demônio visava principalmente Cristo e Maria, começou a suspeitar-se, por acaso, Adão teria saído de Eva, sendo ela a mãe, e ele o Verbo humanado. Esta suspeita crescia no demônio por sentir a força divina que o impedia atentar contra a vida deles. Mas, por outro lado, conheceu os preceitos que Deus lhe impôs. Descobriu-os ouvindo Adão e Eva falarem sobre isso.

Pouco a pouco se lhe desfazia a dúvida. Pôs-se a escutar as conversas dos pais, sondando a natureza, começando logo, como o faminto leão, a rodeá-los (Pd5,8), procurando entrada pelas inclinações que percebia em cada um deles. Antes, porém, de se desenganar totalmente, sempre vacilava entre o ódio contra Cristo e Maria e o temor de ser por eles vencido. Acima de tudo temida a vergonha de ser subjugado pela Rainha do céu, por ser ela pura criatura sem divindade.

Reparando, pois, no preceito que Adão e Eva receberam, armado coma mentira, entrou a tenta-los, começando com todo o esforço a contradizer a divina vontade. Não atacou primeiro o homem, e sim a mulher, porque viu que sua natureza era mais frágil e delicada e tinha certeza de que ela não era Cristo. Além disso alimentava contra ela extrema indignação, desde o sinal que havia visto no céu, e a ameaça que Deus lhe fizera por meio daquela mulher. Tudo isso o levou primeiro a acometer Eva e não Adão. E assim foi feito.

O demônio tomou a forma de serpente e falou à Eva que com ele imprudentemente entabulou conversa. De ouvi-lo e responder-lhe passou a lhe dar crédito, e daqui a violar o preceito. Por fim, persuadiu o marido que o violasse, para dano seu e de todos, perdendo eles e nós o feliz estado no qual os havia posto o Altíssimo.

8 comentários:

  1. Boa noite, querido amigo Jorge:
    Felizmente, Jesus veio para derrotar as obras dos demônios. Venceu tudo, até a morte. Garantindo assim a todos nós a certeza, com seu auxílio e proteção, vencermos todo o mal, todos espíritos malignos. Pois com Jesus tudo podemos. E nós vamos vencer, sempre, todos os dias, para a glória de Deus Pai. Boa noite, um grande abraço ;)

    ResponderExcluir
  2. E o engraçado é que agora podemos,além de ser imagem e semelhança de Deus,podemos ser filhos dele.
    E o pior homem que está no inferno é melhor do que o Demônio.
    O bicho está sendo vencido por uma mulher e o próprio Deus veio em socorro aos homens!
    O Demônio é uma piada de mau gosto.
    Uma hiena,que come fezes e dá risada!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Agradeço os comentários. Que Nosso Senhor Jesus Cristo nos proteja a todos...

    ResponderExcluir
  4. Vemos até hoje os efeitos do pecado original: mulheres vaidosas, voluntariosas e tolas que se entretêm com frivolidades, que sonham em ser deusas, carentes de adoração e louvores; homens igualmente tolos, orgulhosso e vaidosos, que também aspiram a um lugar no panteão dos deuses para serem adorados e admirados por suas façanhas. Que, pela meditação dos mistérios da queda do paraíso, Deus nos revele nossas inclinações para o mal e nos mova ao arrependimento e à conversão.

    ResponderExcluir
  5. Uma vez eu fiz um retiro no Mosteiro da Santa Cruz, dos Cônegos Regulares da Santa Cruz (em Anápolis).

    Eles dão retiros para leigos e sacerdotes, e tem uma devoção muito grande aos Santos Anjos.

    Deles aprendi que devemos ter grande devoção aos Santos Anjos, pois Deus nos envia esses espíritos celestes para, além de nos proteger, nos ajudar a lutar contras os espíritos malignos, que nós não vemos e não entendemos como agem, mas os anjos (por exemplo, nossos anjos da guarda) os vêem, porque são espíritos puros também (quer dizer, são puramente espirituais, não têm corpo) e compreendem a seu modo de atuar e agir.

    Nossa Senhora, Rainha dos Anjos, rogai por nós!

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de indicar o site do Cônegos Regulares da Santa Cruz. Penso que pode interessar a muitas pessoas fazerem retiros com eles. São muito piedosos e zelosos com a liturgia e com o Magistério da Igreja.

    Eles têm dois mosteiros principais no Brasil: em Anápolis (Go) e em Guaratinguetá (SP), pertinho de Aparecida (SP).

    http://www.cruzios.org/portugues/home.html

    http://www.opusangelorum.org/pt/

    ResponderExcluir
  7. A vida de São Pio, perseguido pelo demônio e em nós ao nos sugestionar o mal e cairmos em pecados, atesta a mais a veracidade de sua existência e suas várias ações, especialmente nesse mundo racionalista, que crê apenas no admitido pela ciência.
    Mas, sob a fé cristã, em algumas citações, Jesus fala sobre suas ações e do inferno pelo menos 11 vezes. E refere-se ainda o que é capaz de fazer: 2 Cor 11.14: Não é de se estranhar pois o próprio satanás se transfigura em anjo de luz, por conseguinte não é de surpreender que seus ministros em servidores da justiça. Em Mt 10.25: belzebu; Demônio: Mt 4.12 e Lc 4.2 e Mc 1.13, como adversário. Em 1 Pd 5.8: Sede sóbrios e vigilantes! Eis que o vosso adversário, o diabo, vos rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar.
    O melhor presente ao demônio é negar sua existência; ele terá tempo a mais disponível para cuidar de outros, afinal esse já é de casa, especialmente nesse mundo em que as pessoas tendem a crer mais nas ideologias, cientificismo e tecnologia, e até descartando a idéia de Deus, em evidentes orgulho e soberba da auto suficiência, grassando em todos os níveis.
    O pior será ao final da vida a terrível surpresa: receberá pessoalmente do demônio o prêmio por ter desacreditado nele, e conviverá com o mesmo por toda a eternidade. Acha tal descrédito boa idéia para depois tê-lo junto a si pela eternidade?

    ResponderExcluir
  8. PAX CHRISTI ET AVE MARIA GRATIA PLENA, VIVA SANTAM ECCLESIAM CATHOLICAM ET PAPAM SEMPER. Adorar o capeta é adorar uma criatura, gente, gente o que vou fazer com criaturas miseráveis,isto é, os demonios e satanás, que se acham independentes? Ouvir heavy metal achando que sou o gostozão da bala chita? Sem querer ofender a bala chita, pois, ela tem valor maior que a capetada. Eu queria saber o que passa nas cabeças lesmaticas do modernismo que chupam os miolos de amebas dos "pensadores": Karl Marx, Friederich Nietchze, Sigmund Freud, John Locke, William Ockham, Voltaire, Jean Jacques Rousseau, Martinho Lutero, João Calvino, Servetus, Leonardo Bruno, Isaac Newton o advinhador, FREI BETO, SEDVACANTISTAS, LEONARDO BOFF, Ellen gould white a menirosa de Miller(?)...................... pelo amor dos meus filhiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinhos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! me ajudi aí tíu!
    GERALDÃO O GALÃO, SEMPRE GALÃO

    GERALDÃO O GALÃO

    ResponderExcluir