Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Alguém reza por voce: Os Cartuxos


Quem procurar no meu blog, vai encontrar algumas postagens sobre São Bruno, os frades cartuxos e sobre a Cartuxa. Os licores que eles produzem são uma preciosidade. Além do silencio, os monges trabalham cultivando a terra, plantando, trabalhando em diversas atividades, enfim, vivendo uma vida perfeitamente cristã. A Cartuxa é sem dúvida alguma uma ordem religiosa sem igual. Muitas vezes questionamos: “Somos pecadores, e no entanto Deus nos dá tantas graças maravilhosas... Sabe por que? Porque em alguma parte do mundo os cartuxos estão rezando por você....”

O mundo das orações e sacrifícios é um mundo santo. “Rezai e fazei penitência” – disse Nossa Senhora de Fátima. E quando nós rezamos um simples “Pai Nosso” e uma simples “Ave Maria” achamos que já fizemos nossa obrigação. Quanto tempo nós desperdiçamos nas coisas do mundo, e para Deus quanto tempo dedicamos? Não nos esqueçamos que Deus nos criou para conhece-Lo, amá-Lo e servi-Lo. No trabalho, nos estudos, na nossa família, em nosso dia-a-dia, tudo devemos fazer sempre no intuito de agradar e servir a Deus.

Quem quiser conhecer um pouco mais sobre os cartuxos e o famoso licor por eles produzido, recomendo as seguintes postagens:

http://almascastelos.blogspot.com/2010/08/o-medico-ateu.html
http://almascastelos.blogspot.com/2010/09/cartuxa-os-cartuxos-e-o-chatreuse.html

Aqui segue a história de hoje:

Entre as ordens religiosas existentes no mundo uma das mais singulares é, sem dúvida, a ordem dos frades cartuxos, fundada por São Bruno.

Os frades cartuxos obedecem a uma disciplina extremamente severa e fazem voto de silencio.

Pela manhã assistem, em conjunto, à missa e cantam; fazem apenas uma refeição diária e os dias sem pronunciar palavra, em preces e meditações.
Cada frade cartuxo tem a sua cela num pavilhão isolado; em cada cela existe o leito do religioso, um crucifixo e, ao lado do leito, cavada no chão, uma sepultura aberta. Isso é feito para que o frade silencioso, que passa a vida em penitência, medite a cada momento sobre a morte.


Na cidade de Burgos, na Espanha, ergue-se atualmente um pequeno mosteiro de frades cartuxos. Na igreja desse mosteiro existe uma imagem de São Bruno que é um trabalho de rara perfeição. Quem observa essa imagem tem a impressão de que se trata de uma figura viva colocada, entre flores, no altar.

Certa vez, um viajante, acompanhado de um guia, visitava a igreja dos frades cartuxos. Ao dar de rosto com a imagem admirável de São Bruno não pode conter a admiração e exclamou:

- É perfeita! Só falta falar!

- Engana-se, senhor – respondeu, respeitoso, o guia. – Essa imagem é perfeita precisamente porque não fala. São Bruno era cartuxo, não falava!

Eis o caso único em que, diante de uma figura, reprodução artística de um ser humano, não seria aceitável a expressão corrente: “só falta falar”.

(fonte: "A Estrela dos Reis Magos - Malba Tahan)

13 comentários:

  1. Jorge, você pode dar-nos o link do filme O GRANDE SILÊNCIO, para download?

    ALEX

    ResponderExcluir
  2. Para quem quiser ver o filme "O Grande Silencio" e outros filmes ótimos, pode assistir do próprio computador ou fazer o downloads através do site da TV Espanhola:
    http://www.convicciontv.cl/

    No Youtube há o filme em partes tambem.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, Jorge, pela informação!

    Dei uma olhada o site! É um bom site! :)

    Alex

    ResponderExcluir
  4. Jorge, segundo informações que pude receber de um monge, meu amigo, este trecho do artigo não está correto: "[...]cavada no chão, uma sepultura aberta. Isso é feito para que o frade silencioso, que passa a vida em penitência, medite a cada momento sobre a morte."
    Talvez isso tenha sido um costume dos primeiros tempos, que depois foi abolido. Contudo não recebi maiores informações de meu amigo monge. Mas já está bom, pois os monges nem sempre têm tempo para responder ao e-mail, visto que devem dedicar o maior tempo possível a oração, trabalho, penitência, enfim, a própria santificação e a dos outros.

    Alex

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, admiro muito os cartuxos, que vida bela, que vocação linda a de viver em silêncio orando!...
    Que Deus sempre os abençõem!
    Juliana.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Juliana, seja sempre bem vinda.
    Alex, quanto ao fato de terem uma sepultura aberta eu não posso afirmar se ainda é assim ou se mudou, mas a fonte de onde foi tirada a informação é digna de fé. Pode ser um costume antigo dos primeiros monges... Hoje em dia pode ser que tenha mudado um pouco... Jamais entrei numa cartuxa, por que é proibido entrar na clausura.

    ResponderExcluir
  7. Fazem uma refeição somente???? Como aguentam trabalhar? Sabe, confesso ver como uma vida penosa demais, mas se eles oram para todos que bom!!! Meu abraço!

    ResponderExcluir
  8. Minha amiga Alfa e Omega, obrigado pela visita e comentário. Fazer uma refeição somente não significa que só comem uma vez por dia. Eu tambem só faço uma refeição por dia: só almoço. Tomo meu café da manhã (pão com manteiga e leite), almoço normalmente, faço um pequeno lanche à tarde (frutas) e à noite um lanche. Portanto, refeição, refeição mesmo só houve uma. Acredito que deve ser assim tambem na cartuxa. Ou se não for assim, pelo menos algo semelhante.

    ResponderExcluir
  9. Maria Auxiliadora29 de junho de 2011 13:37

    AMADO IRMÃO EM JESUS E MARIA! PRETENDO FAZER, AGORA EM JULHO, MEUS VOTOS PARTICULARES, PARA VIVER COO EREMITA, EM SILÊNCIO E ORAÇÃO! PEÇO SUAS ORAÇÕES! sempre serva do deus Altíssimo, Dora

    ResponderExcluir
  10. Dora, que noticia muito boa é essa que voce traz. Rezarei por voce. Que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  11. Regina F. Murbach:- Olá Alma e Castelo li o texto e a resposta de deste a MªLuiza, eu também faço apenas uma refeição. Tomo o meu dejejum de manhã, almoço ao meio dia, um lanche a tarde e suco para dormir. Se assim é fazer apenas 1 refeição , eu tbém o faço. Obrigada pelas vezes que me visitou. Aguardo novas visitas. Abraços Regina, blog Renasci na Fé 2001.

    ResponderExcluir
  12. Caríssimos.... Mesmo não digno de ser chamado de Cristão, digno-me a atentar para os maravilhosos detalhes da vida do claustro, num mundo onde as palavras superam a velocidade do som, e ferem muitas almas como setas incendiárias, presto minhas humildes homenagens a esses servos do Deus Altíssimo, cujas palavras servm apenas para expressar a fé viva no Criador...admiráveis pelo sacrifício, a esses irmãos, que o Senhor Deus os abençôem... Paz E Bem...
    Um servo inútil...

    ResponderExcluir
  13. Será possível contactar com um antigo colega e amigo que hoje é (segundo me parece) monge cartucha em Espanha?

    ResponderExcluir