Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

O Branco Azul


Uma das coisas que o homem não pode perder é o senso de maravilhoso. A perda da noção do que é certo ou errado, a mistura do bom e do mau, a poeira da confusão psiquica que tem obnubilado o ser humano... é uma coisa lamentável.
No entanto, admirar as coisas que Deus criou é uma das fórmulas para se estimular o senso do maravilhoso tão adormecido... De certa forma é o despertar da inocencia...
A Neve, sem dúvida, é uma das coisas mais bonitas no inverno. A neve reflete muitas virtudes:

Branca, alva, como um manto de pureza que cobre a Terra. Como é bonita a pureza. Azulada, para lembrar que a pureza leva ao céu. Silenciosa, para lembrar que o silencio e o recolhimento nos eleva o coração ao alto. E quantas outras coisas se formos exercitar a transcendencia do pensamento.

A neve nem sempre aglutina. Quando a temperatura é próxima de zero graus celsius até uns 10 ou 12 graus negativos, pode-se fazer bolinhas de neve, ela aglutina. Mas quando a temperatura cai ainda para além dos 13 graus célcius negativos, a neve já não mais aglutina. Se pegar-mos a neve na mão e apertar, ela escorrega. Quando se anda em neve assim, ela assobia pelo atrito entre os cristais.
Porém uma coisa há de mais maravilhoso nisso tudo. Os flocos de neve que caem com suavidade e com o vento, são formado por pequenos cristais. Ocorre que todos os cristais de neve ou gelo são todos hexagonais, porém jamais repetidos. Ninguém nunca encontrou dois cristais de neve iguais.

Assim, Deus quis maravilhar o homem, mostrando a perfeição de toda a criação. Vejam alguns cristais de neve:



6 comentários:

  1. Achei simpesmente espetacular esse texto sobre a neve. E que coisa mais linda a foto dos cristais de neve. Amei! Adorei! Parabéns! Aprendi mais! Passe lá no meu bloguito. Tem "As Bênçãos de outubro" Abração!

    ResponderExcluir
  2. Olha eu aqui, de novo prá lhe dizer da minha gratidão em deixar tão lindo comentário no meu bloguito e mais feliz fiquei qdo eu já o vi na tal lista que vc mencionou. Nossa! Que alma linda a sua se doar prá fazer alguém feliz. O meu outro blog tbém tem o objetivo de evangelizar, mas naquele mundo, há que se ir piano, piano se vá lontano, como dizia minha querida nona. Só não sei como colocar o selo. Brigaduuuuuuuuuuuuuuuu!!! Todas as bênçãos, hoje e sempre. Abração!

    ResponderExcluir
  3. O Alma Castelos saudou e elogiou o "branco azulado da neve" e o Blog A Católica recentemente saudou o Amarelo.
    Para dar uma olhadinha, é só acessar:
    http://www.acatolica.com/2010/08/um-post-para-encher-seus-olhos-de.html
    Saúde e Paz!

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo, que texto maravilhoso.
    Uma reflexão maravilhosa.
    com carinho;
    Viviannn

    ResponderExcluir
  5. Agradeço os comentários. Agradeço aos meus amigos, amigas e à Maria Goretti.

    ResponderExcluir