Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

O Homem sem Rosto

MEL GIBSON - O HOMEM SEM ROSTO (The Man Without A Face)

Anos atrás um homem muito trabalhador resolveu levar sua família do Estado de Nova York/USA para a Austrália aproveitando uma oportunidade de emprego lá.
Um dos membros da família desse homem era um jovem e belo rapaz que aspirava poder trabalhar num circo como trapezista ou então ser ator.
Este jovem enquanto aguardava sua oportunidade de trabalhar em um circo, ou mesmo num palco, trabalhava no cais do porto local, que ficava situado na pior parte da cidade. Ao voltar a pé para casa uma noite, este jovem foi atacado por cinco bandidos que o queriam assaltar. Ao invés de apenas entregar-lhes o dinheiro, este jovem resistiu. Apesar de serem bem maiores do que ele, eles começaram a bater-lhe até deixá-lo disforme. Eles esmagaram seu rosto com suas botas, chutaram-no e bateram em seu corpo brutalmente com tacos, deixando-o como morto.
Quando a polícia finalmente conseguiu encontrá-lo caído na estrada, o consideraram morto e chamaram o carro do necrotério. A caminho do necrotério um policial ouviu-o tentando respirar e imediatamente levaram-no para a emergência do hospital mais próximo. Quando foi colocado na maca, uma enfermeira, para seu horror, notou que este jovem não mais tinha um rosto.
Cada uma das órbitas oculares estava esmagada, seu crânio, pernas e braços estavam fraturados, seu nariz estava literalmente pendurado em sua face, todos os seus dentes haviam se partido, e sua mandíbula estava separada de seu crânio.
Embora sua vida houvesse sido poupada, ele passou cerca de um ano no hospital.
Quando ele finalmente saiu, seu corpo estava recuperado mas seu rosto era algo repulsivo de se olhar. Ele não mais era o bonito jovem que todos admiravam.
Quando este jovem começou a procurar por emprego novamente ele era recusado por todos, apenas devido à sua aparência. Um empregador sugeriu-lhe que participasse do espetáculo de bizarros num circo, cujo nome seria O HOMEM SEM ROSTO. E ele fez isso durante algum tempo.
Ele continuava sendo rejeitado por todos e ninguém queria ser visto em sua companhia. Ele chegou a ter pensamentos suicidas. Isto prosseguiu assim por cerca de 5 anos.
Um dia ele passou diante de uma igreja e pensou em encontrar algum alivio lá. Entrando na igreja ,encontrou um padre que o viu soluçando enquanto rezava ajoelhado. O padre apiedou-se dele e levou-o até a sacristia para conversarem. O padre estava tão impressionado ao ponto de dizer que faria tudo que lhe fosse possível para restaurar sua dignidade e vida, se o jovem prometesse ser o melhor Católico que pudesse, e confiasse na misericórdia de Deus para libertá-lo dessa vida torturante. O jovem começou a freqüentar a missa diariamente e a comungar assiduamente, e depois de agradecer a Deus pôr ter-lhe salvo a vida, pediu a Deus que apenas lhe desse paz de espírito e a graça de ser o melhor homem que ele pudesse aos Seus olhos. O Padre, através de contatos pessoais foi capaz de assegurar os serviços do melhor cirurgião plástico da Austrália. As operações seriam sem custo para o jovem, uma vez que o médico era amigo pessoal do sacerdote. O próprio médico estava impressionado com o posicionamento desse jovem a respeito de sua vida, que mesmo tendo experimentado o pior, estava cheia de bom humor e amor. A cirurgia foi um milagre. O melhor serviço dentário foi providenciado para ele.
Este jovem tornou-se tudo que ele prometera a Deus que ele poderia ser.
Ele também foi abençoado, com uma esposa, bela e maravilhosa, muitos filhos e sucesso num campo que teria sido a coisa mais longínqua a qual ele teria aspirado como carreira, se não fosse pela bondade de Deus e pelo amor das pessoas que se preocupavam com ele. Isto ele dá testemunho publicamente.
Este jovem é..... Mel Gibson. E o resto da historia sabemos.
Sua vida foi a inspiração para a produção do filme O HOMEM SEM ROSTO (The Man Without A Face). Ele é admirado por todos, como um homem temente a Deus, conservador e um exemplo para todos de um homem verdadeiramente de coragem.

(recebido pela internet, desconhece-se o autor do texto acima)


Nenhum comentário:

Postar um comentário