Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Nossa Senhora do Monte Serrat


Há alguns anos atrás, fui visitar a cidade histórica de Santos, no litoral do Estado de São Paulo. Uma cidade muito antiga, com muitos monumentos e muita história; especialmente por que se trata de uma cidade portuária, onde desembarcaram muitos imigrantes italianos, inclusive minha família.

Visitei vários lugares históricos, inclusive a Basílica Menor de Santo Antonio do Embaré construída em estilo neogótico. A Igreja originou-se de uma capela erguida em 1875, pelo Barão do Embaré. Foi entregue em 1922 aos frades Capuchinhos, que iniciaram a nova edificação em 1930 e que foi inaugurada em 1945. Nessa Igreja há um magnífico órgão de 3.800 tubos ladeado por dois anjos esculpidos em madeira.

Andando um pouco mais para o centro da cidade fui convidado a visitar o morro de Monte Serrat.

Muito íngreme, o morro é todo coberto por densa vegetação. Só se tem acesso ao seu cume por dois meios: ou por uma escada de muitos degraus ou através de um bondinho. Chegando lá se depara com o abençoado Santuário de Nossa Senhora de Monte Serrat. Não é preciso dizer que vista maravilhosa que de lá se tem da cidade e do mar.

UM POUCO DE HISTÓRIA:

A pouca distância de Barcelona, na Espanha, ergue-se a montanha de Mont Serrat, que deve o nome à forma aguda de seus picos. A tradição conta que o próprio São Pedro trouxe para Barcelona a Imagem de Nossa Senhora que lá se venera.

Durante a invasão dos Mouros, a imagem teve que ficar escondida numa das cavernas lá existentes. E a caverna que abrigava tão abençoada imagem ficava justamente no Montserrat. Por volta do ano 900 essa sagrada imagem foi encontrada por jovens pastores da região e, em solene procissão, foi levada para o lugar onde ainda hoje se ergue o célebre Santuário.

Uma série de milagres começou a acontecer e atrair fiéis de toda Europa, que divulgaram o nome de Nossa Senhora do Monte Serrat por todo o mundo cristão. Vários foram os santos devotos de Nossa Senhora, entre eles, São Vicente Ferrer, Santo Inácio de Loyola e São Luiz Gonzaga.

Na América Latina, a devoção à Nossa Senhora do Monte Serrat foi iniciada pelos monges beneditinos que, no primeiro século da descoberta do Brasil, fundaram a Abadia da Virgem do Montserrat no Rio de Janeiro.

Já na cidade de Santos (Estado de São Paulo – Brasil), a construção de uma capela em homenagem a Nossa Senhora, no morro de São Jerônimo, entre 1598 e 1609, deve-se a D. Francisco de Souza, o governador geral do Estado do Brasil e grande devoto da Santíssima Virgem. Segundo suas ordens, a capela foi entregue aos monges de São Bento, assim que estes aqui se estabeleceram.

Logo depois, durante uma invasão holandesa, em 1614, foi um grande milagre da “Virgem Poderosa” do Monte Serrat que atraiu a atenção e a devoção popular da cidade, pois quando já uma turba de soldados inimigos ia subindo o morro de São Sebastião em direção à capela, onde se abrigava grande parte da população, um desmoronamento soterrou os atacantes e induziu os invasores a deixarem a cidade. A partir daí, Nossa Senhora do Monte Serrat foi considerada a salvadora da cidade.

Em 1954, por deliberação da Câmara Municipal, Nossa Senhora do Monte Serrat foi declarada oficialmente “Padroeira da Cidade”. O Papa Pio XII, em documento oficial do Vaticano, com data de 03 de dezembro de 1954, confirmou o título de Nossa Senhora do Monte Serrat “Patrona da Cidade de Santos”. E a 08 de setembro de 1955, o Cardeal Mota, de São Paulo, como legado pontifício, presidiu a solenidade de coroação.

Ata da Coroação de Nossa Senhora do Monte Serrat:

Aos oito dias do mês de setembro de mil novecentos e cincoenta e cinco, ao calor de nossos entusiasmos e de nossa fé religiosa, perante a grande assembléia do povo católico de Santos, mercê de um Rescrito da Congregação dos Ritos, de três de dezembro de mil novecentos e cincoenta e quatro, sendo Presidente da República o Snr. Café Filho, Governador do Estado o Snr. Jânio Quadros, Bispo de Santos D. Idílio José Soares, Vigário Geral Monsenhor Primo Vieira, Prior do Mosteiro de Santos D. Olidano Erbert O.S.B, Prefeito Municipal o Snr. Dr. Antonio Feliciano, Presidente da Câmara Municipal o Snr. Dr. João Carlos de Azevedo, Comandante da Guarnição Militar o Snr. Cel. Hugo Parasco Alvim, Diretor do Fórum o Snr. Dr. José Manoel Arruda e Delegado Regional do Ensino o Snr. Prof. Damasco Peña, foi solenemente proclamada Padroeira desta terra e triunfalmente coroada pelas mãos do Eminentissimo Snr. Cardeal Motta, a veneranda imagem de Nossa Senhora do Monte Serrat.
E para que tudo conste "ad perpetuam rei memoriam" aqui fica lavrada a presente Ata
Santos, 8 de setembro de 1955


FONTE:
Livro: Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat – Santos – Autor: Jacyr F. Braido - Editora Loyola

foto da capela:
http://www.diocesedesantos.com.br/

Foto do Morro:
http://www.novomilenio.inf.br/santos/h0066e.htm

6 comentários:

  1. Em Cotia também tem uma igreja dedicada a Nossa Senhora do Monte Serrat, é a igreja onde fui batizada.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Adorei!
    Se um dia for a Santos, não deixarei de fazer uma visita a tais locais!

    ResponderExcluir
  3. que lindo...eu conheci quando meu irmão morava em Embaré.

    ResponderExcluir
  4. História linda. É um encantamento conhecer e uma graça saber dos milagres e prodígios de nossa Mãe, tenha o nome que tiver e aparecer em diferentes lugares. Nossa Mãezinha não nos abandona! Grande abraço, meu grande e muito estimado amigo! Forte abraço!

    ResponderExcluir
  5. Tânia Alagoana da pequena cidade de Satuba Al

    Tânia 04de Março de 2013, a saudade hoje de Nossa Senhora de Montserrat fez eu ir em busca de mais informações, passei um dia neste místico Carmelo onde com a graça de Deus e intercessãode Maria assistei a hora do Angelus por coral de crianças Catalã. Pela graça de ter ido tão longa tambem irei até Santos.









    ResponderExcluir
  6. Tânia Alagoana da pequena cidade de Satuba Al

    Tânia 04de Março de 2013, a saudade hoje de Nossa Senhora de Montserrat fez eu ir em busca de mais informações, passei um dia neste místico Carmelo onde com a graça de Deus e intercessãode Maria assistei a hora do Angelus por coral de crianças Catalã. Pela graça de ter ido tão longa tambem irei até Santos.









    ResponderExcluir