Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

A Cruz mais leve

Reza uma antiga lenda cristã que um jovem, convertido ao Evangelho, recebeu sua cruz para seguir, juntamente com outros peregrinos, pela estrada da Jerusalém Celeste. Torturava-o, porém, o peso da cruz que lhe fora confiada. E fatigava-o tanto a carga que ele se via forçado a descansar de quando em vez.

- Má sorte a minha – lamentava o moço – deram-me a mais pesada das cruzes.

Movido por um sentimento egoístico, lembrou-se, numas das moradas, de trocar a sua cruz por outra mais leve, dentre as que conduziam seus companheiros de jornada.

Aproveitando a escuridão da noite, pé ante pé, sem ser pressentido, foi ter ao sítio em que se achavam depositadas as cruzes e sopesando-as uma a uma, escolheu a que lhe parecia mais leve e tomou-a para si.

Ao outro dia, reiniciada a viagem, notou que ninguém se dizia prejudicado com a troca. Só então verificou que a cruz que ele escolhera, por ser a mais leve de todas era, justamente, a sua.

(Lendas do Céu e da Terra – Malba Tahan)

5 comentários:

  1. Está bem mais fácil adentrar nesse seu castelo. Existe agora uma ponte linda, como a minha cruz que por vezes tanto reclamo, mas não ouso pedir a troca. Hoje minha paróquia está de luto e triste com a perda de nosso querido Pe José Cipriano. Gostava muito dele! A morte das pessoas queridas me entristece demasiadamente e nem posso ir à missa de corpo presente.Já rezei e vou continuar orando pela sua alma. Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Que belo texto, amigo Jorge! O seu blog também está bonito. Um bom final de semana, grande abraço :)

    ResponderExcluir
  3. Quantas vezes, isto não acontece ainda hoje? Existem pessoas que pensam que são as unicas no mundo a terem problemas,, sofrimentos e dificuldades e se esquecem de olhar à sua volta. O egoismo nos torna insensieis aos problemas dos outros, pois só vemos os nossos.
    Antes de reclamar da sua situação, olhe a sua volta e veja se nao existe alguem ao teu lado passando por necessidades, converse com ele e verás que sua cruz é feita e ISOPOR.
    Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Como estamos no mês de Setembro, dedicado à BÍBLIA, a melhor homenagem que podemos fazer à Palavra de Deus é acolhê-la e procurar vivê-la na vida a cada dia. Nela sempre temos uma resposta, uma luz para todas as situações da vida.
    É uma satisfação visitar seu blog!

    Reinaldo

    ResponderExcluir
  5. EU DEVO ESTAR CARREGANDO A CRUZ DE OUTRA PESSOA OU DE VÁRIAS PESSOAS,POIS ELA ESTÁ MUITO PESADA!

    ResponderExcluir