Mas porque Almas Castelos? Eu conheci algumas. São pessoas cujas almas se parecem com um castelo. São fortes e combativas, contendo no seu interior inúmeras salas, cada qual com sua particularidade e sua maravilha. Conversar, ouvir uma história... é como passear pelas salas de sua alma, de seu castelo. Cada sala uma história, cada conversa uma sala. São pessoas de fé flamejante que, por sua palavra, levam ao próximo: fé, esperança e caridade. São verdadeiras fortalezas como os muros de um Castelo contra a crise moral e as tendências desordenadas do mundo moderno. Quando encontramos essas pessoas, percebemos que conhecer sua alma, seu interior, é o mesmo que visitar um castelo com suas inúmeras salas. São pessoas que voam para a região mais alta do pensamento e se elevam como uma águia, admirando os horizontes e o sol... Vivem na grandeza das montanhas rochosas onde os ventos são para os heróis... Eu conheci algumas dessas águias do pensamento. Foram meus professores e mestres, meus avós e sobretudo meus Pais que enriqueceram minha juventude e me deram a devida formação Católica Apostolica Romana através das mais belas histórias.

A arte de contar histórias está sumindo, infelizmente.

O contador de histórias sempre ocupou um lugar muito importante em outras épocas.

As famílias não têm mais a união de outrora, as conversas entre amigos se tornaram banais. Contar histórias: Une as famílias, anima uma conversa, torna a aula agradável, reata as conversas entre pais e filhos, dá sabedoria aos adultos, torna um jantar interessante, aguça a inteligência, ilustra conferências... Pense nisso.

Há sempre uma história para qualquer ocasião.

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc. 16:15)

Nosso Senhor Jesus Cristo ensinava por parábolas. Peço a Nossa Senhora que recompense ao cêntuplo, todas as pessoas que visitarem este Blog e de alguma forma me ajudarem a divulga-lo. Convido você a ser um seguidor. Autorizo a copiar todas as matérias publicadas neste blog, mas peço a gentileza de mencionarem a fonte de onde originalmente foi extraída. Além de contos, estórias, histórias e poesias, o blog poderá trazer notícias e outras matérias para debates.
Agradeço todos os Sêlos, Prêmios e Reconhecimentos que o Blog Almas Castelos recebeu. Todos eles dou para Nossa Senhora, sem a qual o Almas Castelos não existiria. Por uma questão de estética os mesmos foram colocados na barra lateral direita do Blog. Obrigado. Que a Santa Mãe de Deus abençoe a todos.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A via mais perfeita para Céu


Deus aguardou por séculos para vir até os homens redimi-los. Bem que Deus, sendo omnipotente poderia ter simplesmente aparecido na Terra; ou mesmo ter descido do Céu a vista de todos.

Deus também é imutável em Seus Atos, pois se fosse mutável significaria que o Primeiro Ato não seria o melhor e nem o mais perfeito.

No entanto o mundo era indigno de receber Deus Filho, diretamente de Deus Pai. Tantos são os pecados que afastam o homem de Deus que há uma escarpa infinita entre Deus e os homens, por que Deus é Bondade Infinita. Como seria então a vinda de Deus Filho até os homens?

Ocorre que Deus, além de Omnipotente é Sábio, ou melhor, Deus é a própria Sabedoria. Portanto tudo o que faz, não poderia ter sido feito de maneira diferente, ou mais Sábia.

Assim, para vir até os homens, Deus escolheu o Caminho mais Perfeito, mais Sábio, mais Misericordioso, para vir até os homens: Maria. Sim, Maria foi o Caminho mais Perfeito e Sábio que Deus escolheu para vir até os homens.

E nós homens? Somos puros o suficientes para nos dirigir diretamente a Deus? Seremos tão presunçosos a ponto de acharmos que, cheios de defeitos e imperfeições, seriamos dignos de nos aproximar diretamente até Deus? Ó homens orgulhosos...

Sejamos humildes para reconhecer nossas imperfeições e defeitos. Se Deus decidiu que deveria vir até nós por Maria, quem somos nós para pensarmos o contrário?

Iremos a Deus por Maria também, implorando Sua intercessão, pedindo perdão e humildemente, pois MARIA, definitivamente, é o Caminho mais Perfeito para chegar até Deus.

Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Ela como uma Boa Mãe nossa e de Deus, saberá nos apresentar ao Seu Divino Filho com todo o respeito que a Ele é devido.

Fonte: Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem - São Luiz Maria Grignion de Montfort

5 comentários:

  1. Peça à Mãe que o Filho atende, peça à Mãe que o Filho resolve... e sua água será vinho melhor... Indubitavelmente, ela é o caminho mais perfeito! Lindo demais! Perfeito demais! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha, meu amigo Jorge!

    O Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria é algo maravilhoso!

    Este trecho que você publicou cai muito bem neste tempo do Natal!

    Me deu vontade de reler o Tratado!

    ResponderExcluir
  3. Jorge, estou escutando agora uma catequese do Pe. Paulo Ricardo sobre o Tratado.

    04 - Gravação da aula ao vivo: "Tratado da Verdadeira Devoção..." Parte 1 (27/09/2011)

    http://youtu.be/3rIUaW-5nCM

    Que maravilha! Como é iluminado esse padre!

    ResponderExcluir
  4. Ave Maria,cheia de Graça!

    ResponderExcluir
  5. Olá! É sempre bom visitar seu blog.
    A exemplo de Maria, digamos um SIM generoso e total ao Senhor.
    E o nosso coração e a nossa família serão uma MORADA para o Salvador.
    Só assim o "Senhor estará também conosco..."
    e a nossa alegria nesse Natal será completa...
    Bom domingo na Paz e no Amor de Cristo,

    Reinaldo

    ResponderExcluir